2 ações defensivas que pagam altos dividendos nos EUA

seguro

Hoje vamos apresentar duas ações que são um porto seguro para receber dividendos no exterior. Vamos ver quais as melhores pagadoras de dividendos nos EUA.

Para começar, os analistas estão apreensivos atualmente e recomendam ter cautela com o mercado americano nas máximas históricas. Portanto, é fundamental ter um pouco de segurança em seu portfólio, pois nunca saberemos o que vai acontecer no futuro.

Por exemplo: quem esperava acontecer o que aconteceu em 2020? Você imaginava que surgiria uma pandemia e destruiria, levaria milhões de vida e destruiria a economia?

Assim, houveram quedas fortes e volatilidade violenta nos primeiros dias e semanas. Mas as ações recuperaram tudo e um pouco mais.

Na verdade, o S&P 500 acaba de atingir um novo recorde histórico. O índice está refletindo um mercado que parece pensar que as coisas estão melhores agora do que antes da pandemia.

Recomendações de ações seguras que pagam bons dividendos nos EUA

acoes eua dividendos

Lembre-se sempre que o mercado só olha para o futuro. De seis meses para frente. A partir disso, o mercado enxerga uma recuperação em economia, tudo por conta dos estímulos do Fed (Federal Reserve) e nas baixas taxas de juros recordes.

Estamos vivenciando o “TINA”: There is No Alternative

Ou seja, não há outro lugar para investir além do mercado de ações, caso você não queira ter um retorno ridículo de 1 ou 2% ao ano.

O mercado está olhando para além do vírus, para um ambiente muito positivo para as ações. Embora a economia não volte à forma pré-pandêmica por muito mais tempo, as coisas estarão indo na direção certa.

Até Warren Buffet disse: “Não aposte contra a América”. Quase sempre os EUA se mostram forte e resistentes a crises, do que a mídia reflete.

Além disso, é fato que os índices de mercado foram impulsionados pelo desempenho surpreendente das ações de tecnologia, uma vez que os negócios foram em grande parte ainda melhores para o setor durante a pandemia.

No entanto muitas ações e setores ainda estão acabados e refletem melhor as realidades atuais, como por exemplo, das companhias aéreas.

Riscos

Além disso, é fato que estamos em um mercado altista secular de longo prazo. Olhando as coisas mais de longe, essa pandemia vai perder sua força e as ações continuarão a apresentar forte desempenho.

Mas o curto prazo parece terrivelmente perigoso. Há um risco enorme lá fora para um mercado em seus máximos históricos. Olha só os riscos que temos:

  • Coronavírus – segunda onda
  • Eleição presidencial americana

Quem sabe o que o vírus fará? Pode haver uma segunda onda pior que a primeira. O mercado parece confiante de que uma vacina virá nos próximos trimestres. Mas isso pode ser uma ilusão. Depois, há a eleição presidencial. As eleições sempre injetam incertezas indesejadas na equação, mas desta vez é pior. Há o risco de um resultado incerto ou contestado em novembro, que pode causar estragos nos mercados.

Sendo assim, nas atuais circunstâncias, é prudente se proteger com boas ações seguras que pagam bons dividendos no exterior. Importante serem empresas que continuarão a prosperar, independentemente do curso deste vírus ou de quem é eleito presidente.

Veja duas ações de dividendos dos EUA para comprar agora:

1. Altria (MO)

altria group

A Altria Group (MO) é a maior fabricante de cigarros doméstico dos EUA e um dos maiores do mundo. A empresa é a parte doméstica da antiga Philip Morris, que desmembrou a divisão internacional na forma de Philip Morris International (PM) em 2008. A Altria agora opera principalmente nos Estados Unidos.

A longo prazo, as vendas de cigarros diminuíram cerca de 4% ao ano. Essa taxa aumentou nos últimos anos com a popularidade dos cigarros eletrônicos.

Aquisições

No entanto, a fim de compensar o deslizamento adicional, a Atria comprou uma participação de 35% no player dominante de cigarros eletrônicos, a JUUL por US$ 12 bilhões no final de 2018. Além disso, também comprou a empresa de cannabis Cronos (CRON) por apenas alguns bilhões.

Desde então, a JUUL acabou sendo a aquisição que deu tudo errado. Ela está sob ataque implacável dos reguladores por causa de suas práticas de marketing para os jovens. A Altria já amortizou dois terços do investimento. Já a Cronos também se encontra num estado ruim.

Por causa dos menores volumes de cigarros e da tentativa fracassada da Altria tentar reaver o prejuízo, a ação caiu 44% de sua máxima histórico. As ações estão avaliadas simplesmente como se a empresa “não valesse nada”.

Mas elas valem sim. Além disso, existem outras vias de crescimento, como uma joint venture recentemente aprovada com a Philip Morris International para comercializar um produto de tabaco altamente demandando nos EUA.

A ação paga um rendimento massivo de 7,9% ao ano. A empresa ainda ganha dinheiro e aumenta os lucros. No último trimestre afetado pela pandemia, os dividendos representaram 77% do fluxo de caixa livre. A média histórica é de 80% e a empresa cresce o dividendo há mais de 50 anos nesse nível.

É uma ação de grande valor. MO é transformado em polpa e o rendimento massivo é sólido como uma rocha. Não sei quando o preço ganhará vida, mas você recebe cerca de 8% nesse meio tempo.

2. AbbVie Inc. (ABBV)

abbviepng

A AbbVie é uma empresa de ponta especializada em medicamentos de pequenas moléculas. Ela cresceu e se tornou a oitava maior empresa farmacêutica do mundo, principalmente com a força de seu famoso medicamento biológico auto-imune Humira. O medicamento número um do mundo de longe, com vendas anuais de cerca de US$ 19 bilhões.

Embora a ABBV tenha apresentado um bom desempenho ultimamente, tendo recentemente atingido o recorde de 52 semanas com um retorno de 50% no ano passado, ainda está barata.

A ação ABBV está mais de 30% abaixo da alta de 2018 e vendendo menos de 10 vezes os lucros futuros.

É barato porque o famoso medicamento Humira está enfrentando uma concorrência cada vez maior e o mercado teme que a empresa não consiga repor as receitas perdidas.

Desta forma, analistas acreditam que os temores são exagerados e o mercado está começando a concordar. O medicamento enfrenta concorrência apenas no exterior e tem proteção de patente nos EUA, que responde por 3/4 do faturamento, até 2023.

A empresa tem um dos melhores canais de novos medicamentos em desenvolvimento na indústria, bem como medicamentos recém-lançados extremamente promissores.

Lançamentos da AbbVie e aquisições

Ela também lançou dois medicamentos no ano passado que foram classificados entre os três primeiros lançados do ano pela EvaluatePharma que a AbbVie acredita que poderia gerar US$ 10 bilhões por ano até 2025.

Para diversificar ainda mais a dependência da Humira, a AbbVie comprou a Allergan (AGN) com sede na Irlanda por US$ 63 bilhões no ano passado.

A empresa tem cerca de metade do tamanho da AbbVie e oferece o famoso remédio para tratamento facial, o Botox. A aquisição diversificará a empresa longe de Humira no curto prazo, enquanto a AbbVie ganha força.

Esta é uma empresa defensiva para sua carteira no exterior, que oferece valor e alto rendimento com um negócio muito resistente à recessão.

Além disso, a ação também oferece um crescimento sólido no curto prazo e o enorme vento a favor do envelhecimento da população a longo prazo.

A propósito, a ação também paga 4,7% ao ano de dividendos enquanto você espera o preço dela voltar ao normal.

Por fim, vale lembrar que os dividendos nos EUA são taxados, no momento em que é recebido na sua conta, na corretora.

Por falar em corretora, veja quais são as melhores corretoras para se investir no exterior.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *