3 ações americanas e setores para NÃO comprar

Ações

Os investidores estão sempre procurando as melhores ações e setores para adicionar em suas carteiras de investimento. No entanto, em alguns momentos, é mais interessante saber quais ações evitar do que realmente comprar a melhor ação do mercado.

A maioria dos analistas espera que o segundo semestre do ano seja bastante forte. À medida que a economia gradualmente volte ao normal. O maior beneficiário será o setor de viagens e turismo, que está offline durante grande parte dos últimos 15 meses. As empresas nesses setores certamente se beneficiarão da demanda reprimida nos próximos trimestres, o que deve levar a receitas mais altas e mais poder de precificação.

No entanto, essas empresas enfrentam um desafio notável. Para atender a essa demanda, eles precisarão contratar trabalhadores de forma agressiva, o que está se revelando uma tarefa difícil para muitas empresas, especialmente sem aumentar significativamente as despesas com os salários.

Muitos trabalhadores deixaram a indústria para trabalhar em outros setores que vinham contratando no ano passado. Além disso, muitos trabalhadores mais velhos parecem ter deixado permanentemente a força de trabalho.

Desse modo, esta nova “política de gastos” irá corroer as margens de lucros destas ações. Afinal, estas companhias terão que aumentar significativamente os salários e oferecer benefícios adicionais para atrair trabalhadores.

No entanto, ao considerar a demanda de curto-prazo, é difícil imaginar que este problema mostre suas caras, mas é preciso observar se essa estrutura não afetará o balanço das companhias no longo prazo.

Claro, as mesmas circunstâncias estão acontecendo com outros custos, mais básicos, como comida e energia. Por isso, os investidores devem ficar de orelhas em pé com ações que podem sofrer os impactos destas consequências. Em especial as seguintes ações: Shake Shack (SHAK), Carnival Cruises (CCL), Hyatt Hotels (H).

As ações para não comprar

Primeiramente, antes de dar sequência a análise detalhada das ações, confira na tabela abaixo as informações dos ativos:

Empresa Ticker na Bolsa americana
Shake Shack SHAK
Carnival Cruises CCL
Hyatt Hotels H

O Shake Shack é uma das marcas de restaurantes mais populares e de crescimento mais rápido dos Estados Unidos. A empresa foi fundada pelo famoso Danny Meyer, com uma única localização em Nova York. Assim, seu menu simples de hambúrgueres e milkshakes resultou em um culto de seguidores que gerou longas filas. Hoje, a empresa possui mais de 300 locais com planos de expansão agressivos.

Portanto, está claro que o Shake Shack terá que contratar agressivamente para atender a essa demanda. Além disso, a empresa é conhecida por já oferecer aos seus trabalhadores salários acima da média e melhores benefícios do que a maioria dos estabelecimentos de alimentação.

O Shake Shack é atualmente avaliado como uma ação em crescimento, (Growth Investing), visto que seu valor de mercado é de US$ 4 bilhões, com apenas US$ 535 milhões em vendas. Portanto, se os custos da empresa vão aumentar, isso terá um impacto negativo nas projeções futuras de fluxo de caixa, o que deve levar a múltiplos mais baixos.

Por fim, as demais empresas da lista, fazem companhia a Shake Shack por motivos bastante parecidos. Afinal, apesar das projeções de crescimento do setor, os custos a longo prazo constituem em um problema que estas empresas não conseguirão ultrapassar. Fique longe dessas ações!

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *