4 ETFs defensivos para te proteger de uma correção do mercado

ETF

Preocupado com uma possível correção do mercado? Confira agora 4 ETFs defensivos para proteger seus investimentos de surpresas desagradáveis no mercado financeiro.

O mercado de renda variável pode reservar surpresas indigestas para muitos investidores. Afinal, investimentos de alto risco, fornecem sim, taxas de retornos extraordinárias. No entanto, como diria o famoso físico, Isaac Newton: toda ação tem uma reação.

Os lucros têm taxas extraordinárias, contudo, os prejuízos também. Por isso, é comum ver investidores diversificarem suas carteiras com investimentos mais seguros, como títulos de renda fixa, ou investimentos em hedge.

Primeiramente, é importante entender que o mercado de ações está em boa fase. Contudo, a próxima correção do mercado pode estar mais perto do que você imagina. Então, quando isso acontecer, você vai querer possuir esses quatro ETFs defensivos.

4 ETFs defensivos para evitar surpresas no mercado

Primeiramente, é importante entender que cada um dos 4 fundos negociados em bolsa citados a seguir, possuem foco em um setor diferente que está além das correções naturais do mercado. Assim, em caso de um “efeito dominó”, estes fundos ainda estarão firmes em sua carteira. Assim, em geral, existem alguns setores que agem de forma “independente do mercado:

  • Serviços;
  • Bens de consumo;
  • Ações de Ouro;
  • Tesouro.

Assim, vamos decorrer um pouco sobre estes setores, e a razão dos mesmos conseguirem proteger seus investimentos mesmo em momentos de crise.

Serviços

As ações de serviços estão relacionadas a atividades essenciais para a sociedade. Afinal, independentemente se a bolsa de valores está em alta ou não, todas as pessoas estão pagando água, gás, eletricidade, etc. Por isso, investir em ações destas concessionárias é uma estratégia interessante para proteger seus investimentos até mesmo em tempos de recessão.

Bens de consumo

Desse modo, seguindo o mesmo principio dos serviços, este setor é focado em um serviço indispensável para a sociedade. Afinal, mesmo que ocorra um verdadeiro pandemônio na Wall Street, as pessoas continuarão a comprar papel higiênico e pasta de dente. Portanto, estas ações, em geral, performam muito bem em tempos de crise, se mantendo estáveis.

Ações de Ouro

Este ponto chega a ser óbvio para investidores mais experientes na bolsa. Afinal, investir em ouro é a estratégia de proteção mais antiga e popular do mundo. O ouro tem sua própria cotação, e é sempre recorrido quando a situação começa a ficar “preta” na Wall Street. Por isso, vai muito bem em tempos de crise.

Tesouro

Um dos princípios básicos dos investimentos é: se não está dando certo na renda variável, vá para a renda fixa. Assim, a renda fixa, assim como seu nome deixa claro, passa ilesa em crises da renda variável. Desse modo, garantindo para os seus investidores certa segurança. E o tesouro direto americano, é ainda mais confiável que muitos ativos prefixados por aí.

Portanto, confira agora 4 fundos de investimentos, que agregam, estes princípios defensivos em sua composição:

ETFTickerSetor em foco
Utilities Select Sector SPDR ETF XLUServiços
Consumer Staples Select Sector SPDR Fund XLPBens de consumo
iShares Gold Trust IAUOuro
Vanguard Extended Duration ETF EDVTesouro Americano

Por fim, confira agora o guia definitivo de como investir em Prata e Ouro, investimentos seguros em momentos de crise. Para isso, clique aqui e confira!

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *