6 maneiras de se investir no exterior

investir exterior

Por aqui o governo reduziu bastante a taxa de juros, com isso muitos investimentos de renda fixa perderam a atração. Dessa maneira os investidores estão cada vez mais procurando ativos que geram mais retorno sobre o investimento, por isso eles estão indo para a renda variável.

Então, se você está procurando por investimentos que possam render mais que a renda fixa, mas não quer abrir mão de segurança, então investir no exterior é a melhor opção para diversificar sua carteira.

O que é Investimento no Exterior?

Quando você faz um investimento no exterior você está colocando seu dinheiro num ativo de outro país. Com isso você estará comprando uma ação ou um fundo de investimentos estrangeiro.

Investindo nesses ativos estrangeiros, você está colaborando para o crescimento da economia de outros países, por outro lado também está se beneficiando. 

Vantagens de Investir no Exterior

Há diversas vantagens de fazer investimentos no exterior, abaixo listamos três. Confira:

  • Balanceamento da sua carteira;
  • Diversificação dos investimentos;
  • Redução de riscos.

Balanceamento da Carteira

Olhe ao seu redor, com certeza você tem alguns produtos importados aí na sua casa. Esses produtos que você tem aí são passivos, que não geram renda e por serem importados estão atrelados ao dólar. 

Portanto quando você faz investimentos aqui no Brasil, você está pondo em sua carteira ativos atrelados ao real, moeda local. Dessa maneira seus investimentos não estão balanceados. Você tem ativos em real, mas passivos em dólar.

Portanto quando você investe em títulos estrangeiros, seus investimentos passam a conter ativos atrelados ao dólar. Dessa maneira, você está se protegendo de uma possível desvalorização do real. 

Sendo assim, investindo no exterior você está balanceando sua carteira e com isso pode receber rendimentos mesmo quando os títulos brasileiros não vão bem.

Diversificar os Investimentos

Você sabia que a bolsa de valores brasileira dispõem apenas de 3% do total de ativos no mercado global.

Por isso quando você investe no exterior, você passa a ter acesso a todo o mercado global. Dessa forma, podendo alocar seu patrimônio nos mais variados setores e classes de investimento, disponíveis no mundo.

Sendo assim diversificando seu portfólio em ativos no exterior, você tem a possibilidade de se tornar sócio de grandes marcas como a Nike, a Coca-Cola, a Apple e a Amazon. Top hein?

Riscos menores

Fazendo o balanceando dos seus investimentos e diversificando sua carteira de ativos, você reduz e muito os riscos de seus investimentos. 

Infelizmente a economia do nosso país ainda é muito fragilizada, e por isso investir no exterior garante uma proteção que não encontramos por aqui. Em caso de uma crise gerando inflação e o real se desvalorizando, você tem ganhos proporcionais se tiver investimentos no exterior.

Mas onde investir no Exterior?

Há duas modalidades de investimento em ativos no exterior. Uma delas é fazendo transferências internacionais, já a outra não precisa. 

Abaixo vamos explicar quais os ativos referentes a cada uma dessas maneiras de investir no exterior.

Fundos de Investimentos

De certa forma pode-se dizer que os fundos são uma das maneiras mais fáceis de fazer um investimento no exterior sem que seja preciso fazer uma transferência internacional. 

Investidores de varejo que querem investir em fundos de investimento podem destinar até 20% de seus recursos a ativos estrangeiros, desde que isso conste na política de investimento.

Já para investidores qualificados (com pelo menos R$ 1 milhão investidos), é possível investir até 40% de seu patrimônio nos fundos comuns de títulos estrangeiros.

De fato ainda há outra opção para os investidores qualificados investirem em fundos de investimento no exterior, podendo ter 100% de sua carteira alocada em ativos estrangeiros. 

Em relação a tributação, é bom ficar atento a uma alíquota de 15% sobre os ganhos de capital.

Portanto caso o fundo que você pretende investir seja de renda fixa ou multimercado, fique atento à tabela regressiva do Imposto de Renda. 

Também há desvantagens de investir em fundos de investimento, uma delas são as taxas de administração que geralmente são altas, o que acaba reduzindo seus ganhos com esses investimentos. 

Sendo assim investir em fundos de investimento exige uma análise mais aprofundada e um maior cuidado na hora de escolher o investimento.

Exchange Traded Funds (ETFs) de Ações Internacionais

Outra maneira de investir no exterior é em índices de ações estrangeiras através das ETFs (Exchange Traded Funds). 

As ETFs são como fundos de índices, esse tipo de investimento acompanha a rentabilidade e o desempenho de carteiras de índices. 

Investir em ETFs é uma das modalidades mais fáceis para os investidores que querem investir no exterior. Na bolsa de valores aqui do Brasil tem cotas de ETFs estrangeiras e também as de fundos imobiliários. 

Na bolsa brasileira o investidor que quer investir no exterior tem acesso a cotas de ETFs que acompanham o S&P 500.

Essa modalidade de investimento garante uma grande diversificação e mesmo sendo negociados em moeda local do Brasil, concede os mesmos benefícios de investimentos em dólares. 

Referente aos custos de se investir em ETFs, saiba que você terá que pagar a taxa de corretagem e os 15% do IR sobre os ganhos.

Com certeza você notou que os custos de investir em ETFs é bem semelhante com os custos de se investir em ações. Contudo no caso de investimentos em ETFs não há  isenção de Imposto de Renda para valores abaixo de 20 mil reais.

Exchange Traded Commodities

Investimento em ETCs são ativos muito parecidos com as ETFs. A diferença é que os investidores não estarão investindo em índices de ações, mas em commodities.

Se você quer investir no exterior mas não quer investir em índices, então investir em ETCs pode ser uma opção para você. As principais commodities negociadas em ETCs são soja, petróleo e ouro.

Brazilian Depositary Recepits (BDRs)

As BDRs são títulos que representam as ações da empresa e que são disponibilizados na B3 e depositados num custodiante.

Portanto ao investir num BDR você investe nesse título representativo, e não na ação em si. 

Uma vantagem de investir em BDRs é que o investidor não precisa fazer transferência internacional de dinheiro.

É possível escolher entre dois tipo de BDRs: os patrocinados e os não patrocinados. 

BDRs patrocinados, são aquele em que a própria empresa estrangeira emite os títulos BDR e o custodia.

Já as BDRs não patrocinados, uma instituição local recebe autorização para emitir e custodiar os BDRs de empresas estrangeiras.

Investir em BDRs tem alguns custos, a taxa de corretagem, custódia e emolumentos. 

Tem também há incidência de Imposto de Renda sobre os ganhos, com uma alíquota de 15%. 

Certificados de Operações Estruturadas (COE)

Os COEs são “cestas” de ativos de renda fixa e variável. Uma grande vantagem de se investir em COEs é que enquanto uns ativos que compõe a cesta pagam juros, outros pagam derivativos. 

Os preços dos COEs podem ser indexados em ativos como ações, moedas e ouro. Os COEs são títulos emitidos por bancos e rendem um percentual da oscilação positiva dos índices. 

Em outras palavras, se o índice subir, o investidor ganha. Se cair, o investidor não perde.

Isso só é possível pois normalmente os COEs dispõem de uma engenharia financeira que protege o investimento. Fazendo com que o investidor receba de volta o valor que investiu. 

Se você se interessou por investir em COEs, procure uma corretora que ofereça este produto.

Corretoras estrangeiras

Essa opção é para o investidor que não se importa em realizar transferências internacionais.

Há diversas opções de corretoras estrangeiras, que você utilizar para Investir no Exterior: TD American TradeFidelityInteractive Brokers e Avenue Securities.

A utilização das corretoras estrangeiras são bastante semelhantes as corretoras nacionais, a principal diferença nas corretoras estrangeiras são os ativos disponíveis para negociar.

Conclusão

Como vimos, investir no mercado estrangeiro é uma boa opção, para nós investidores que queremos diversificar nosso portfólio e garantir a segurança de investir em economias muito mais estruturadas que a do Brasil.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *