Ações Disney (DIS): Aprenda a investir nas Ações da Disney

Ações disney

Confira agora todos os detalhes que você precisa saber para investir em ações da Walt Disney Inc. (DIS/DISB34).

A Disney é uma das empresas que dispensam muitas apresentações, contudo dessa vez é necessário abordar um pouco mais da companhia:

The Walt Disney Company (NYSE: DIS), conhecida simplesmente como Disney, é uma companhia multinacional dos EUA, que atua no setor de mídia de massa. A empresa é sediada no Walt Disney Studios, em Burbank, Califórnia. Em dezembro de 2017, após a compra da 21st Century Fox, a empresa se tornou o maior conglomerado de mídia e entretenimento do planeta (por receita), passando assim a Comcast.

A Disney foi fundada em 16 de outubro de 1923, por Walt Disney e Roy Oliver Disney com o nome de Disney Brothers Cartoon Studios e estabeleceu-se como a grande pioneira na indústria de animação, até diversificar seus produtos para filmes em live-action, redes de televisão e parques temáticos. A companhia também operou sob o nome Walt Disney Studio e Walt Disney Productions. A empresa leva seu nome atual desde 1986, época em que expandiu suas produções para o teatro, rádio, música, publicidade e mídia online. Assim a empresa também criou algumas divisões corporativas com o objetivo de comercializar conteúdo para adultos, como a Touchstone Pictures, visto que sua marca principal, Disney, está associada a filmes para todos os públicos, como chamado no meio cinematográfico, uma empresa “family friendly”.

Assim, a empresa atualmente atua com suas divisões corporativas.

As divisões da Disney

Disney Parks, Experiences and Products

A Disney Parks, Experiences and Products, opera parques comuns e temáticos, complexos de hotéis, cruzeiros e oferecem viagens nos Estados Unidos e ao redor do mundo. Assim, é a maior empresa de parques do planeta. Os parques da Walt Disney são construídos pela equipe criativa da Walt Disney Imagineering. O primeiro parque foi o Disneyland Resort, aberto em 1955, localizado em Anaheim, California. Foi seguido pelos Walt Disney World, aberto em 1971, Tokyo Disneyland Resort aberto em 1983, Disneyland Resort Paris aberto em 1992 e Hong Kong Disneyland Resort, aberto em 2005. Outros produtos da Walt Disney Parks and Resorts, incluem o Disney Vacation Club, que oferece hotéis da linha Disney fora dos resorts, como o Aulani, a Disney Resort & Spa, localizado no Havaí.

A Disney também oferece um serviço de guia de viagens ao redor do mundo, chamado Adventures by Disney, e sua linha de cruzeiro, Disney Cruise Line, que incluem os navios Disney Magic, Disney Wonder, Disney Fantasy e Disney Dream. Os navios ancoram na ilha Castaway Cay, no Caribe, pertencente a Disney.

The Walt Disney Studios

The Walt Disney Studios é a divisão de cinema, teatro e música da Disney. Os estúdios de cinema incluem o 20th Century Studios, Searchlight Pictures, Walt Disney Pictures, os selos Touchstone Pictures e Buena Vista International, a Marvel Studios, Lucasfilm, e os estúdios de animação, Pixar, Walt Disney Animation Studios e 20th Century Fox Animation, com a sua subsidiária a Blue Sky Studios. A empresa também é dona da Disneynature, com sede na França, voltada para documentários sobre a natureza.

Os filmes da Disney são distribuídos pela Walt Disney Studios Motion Pictures, antigamente conhecida como Buena Vista Distribution. A subdivisão de música, Disney Music Group, é dona das gravadoras Walt Disney Records, Hollywood Records e Fox Music. Com sede em Nova York, a Disney Theatrical Group, produz musicais e peças para a Broadway através da Walt Disney Theatrical. Seus outros entretenimentos teatrais incluem os espetáculos Disney on Ice, de patinação no gelo, e o show infantil Disney Live!

Disney Media Networks

A Media Networks é responsável pelos canais e rádios da Walt Disney Company. Sua empresa principal é a Walt Disney Television, anteriormente Disney-ABC Television Group, que é a maior rede de canais do mundo. A ABC produz séries através da ABC Entertainment e seu estúdio, o ABC Studios que também produz filmes para a televisão. Outros canais da marca é o ABC News, voltado para jornalismo e o Freeform, antiga ABC Family, voltado para adolescentes e família.

Nas rádios, a ABC tem seu próprio grupo que cobre os 50 estados americanos, o ABC Owned Television Stations Group. Além da ABC, a Media Networks supervisiona as redes ESPN, um dos canais de esportes mais conhecidos no mundo; o Disney Channel Worldwide, que oferece programas para o público infanto-juvenil e está em mais de 166 países em 34 línguas, canais como o Disney Channel, Disney XD e Disney Junior; e a rede de canais A&E Networks voltado para mulheres, arte e entretenimento, possui canais como Lifetime, History e A&E. Após a aquisição da 21st Century Fox pela Disney os canais da FX Networks e da National Geographic Global Networks entraram para o grupo Disney Media Networks.

Walt Disney Direct-to-Consumer & International

O segmento de Direct-to-Consumer and International (DTCI), composto por todos os negócios em meios internacionais da The Walt Disney Company e os diversos serviços de streaming da companhia, alinha tecnologia, venda de publicidade e plataformas de distribuição criados pelas divisões Studio Entertainment e Media Networks, para ampliar a presença global da empresa e criar experiências de entretenimento personalizadas e de vulto global aos consumidores de todo o mundo. Assim, o DTCI é responsável pelos negócios feitos diretamente com o consumidor em todo o universo da The Walt Disney Company, o que inclui o serviço de “streaming” de esportes da ESPN+, programado em conjunto pela ESPN, o Disney+ voltado para a família e o Hulu voltado para o público.

A Disney no mercado

Em 2020, a multinacional faturou US$ 65 bilhões, mas não saiu imune das consequências da pandemia. No entanto, nos resultados divulgados do 1T21 (que nos EUA correspondem aos meses de outubro, novembro e dezembro do ano passado) a empresa sofreu retração de 66% em seu lucro operacional.

Além disso, a empresa teve um prejuízo de aproximadamente 81 milhões de dólares no segmento de parques e experiências, justificado pela suspensão de atividades durante o ano e pela sua operação em capacidade reduzida diante da pandemia.

Apesar do prejuízo, é importante ressaltar que 2020 não foi um ano comum e ainda assim a Disney trouxe algumas maravilhas para o investidor. Na visão do João, há um elevado potencial de crescimento dos serviços de streaming da Disney, que atualmente são três: Hulu, ESPN+ e Disney+.

Somados, eles têm 127 milhões de assinantes e foram responsáveis por quintuplicar a receita da empresa em comparação a 2018.

Assim, graças ao bom desempenho da empresa nos últimos anos, mesmo com os grandes prejuízos causados pelo covid, as ações não desvalorizam tanto, chegando até mesmo a alcançar um bom crescimento no ano passado.

Confira os gráficos que mostram as variações do preço dos ativos BDRs da Disney:

Último ano:

DIS BDR ANO
No último ano a Disney anotou uma valorização de 36,31%

Últimos 6 meses:

DIS BDR meses
Nos últimos 6 meses a Disney anotou uma valorização de 25,85%

No último mês:

DIS BDR queda

Apesar do bom desempenho da companhia no agregado. A partir de março as ações da empresa começarem a despencar. Contudo, é um apenas um reflexo das tendências do mercado americano, que está se direcionando novamente para os setores mais primários.

As ações da Disney

A Disney já está no mercado de ações a um bom tempo, sendo registrada na NYSE, a bolsa de Nova Iorque. Assim sendo, para investir nestas ações era necessário investir diretamente na bolsa americana. Contudo, recentemente as BDRs foram liberadas para os investidores brasileiros, e assim, agora é possível investir nas ações da Disney pela B3.

Assim, você tem duas opções para investir, pela bolsa americana e a brasileira:

Como comprar pela B3

Pela bolsa de valores o método é simples. Assim, basta acessar uma corretora, e procurar pelo ticker da BDR (Brazilian Depositary Receipts) da Disney. Assim basta digitar o código DISB34.

XP Home Broker Pessoal — Microsoft​ Edge
Home Broker da XP Investimentos.

Como comprar no exterior

Para investir no exterior pode ser um pouco mais complicado. Assim, é necessária uma conta de uma corretora estrangeira. Você pode conferir algumas das melhores corretoras americanas clicando aqui.

Com a conta em mãos, basta procurar pelo ticker DIS, e adicionar em sua carteira de investimentos.

Vale lembrar que estas operações são realizadas inteiramente em dólares, por isso fique ligado nas taxas relacionadas.

XP Investimentos Minha Conta e mais paginas Pessoal — Microsoft​ Edge
Ativo da Disney na corretora Avenue.

Por fim, não deixe de conferir em seguida uma carteira de BDRs para você investir que possui a Disney na lista de ações! Basta clicar aqui.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *