2 ações do setor de energia nos EUA para comprar

grafico preco acoes

Após o mercado despencar com força com a chegada da pandemia de coronavírus em março, a taxa de insider sell / buy foi de 0,88.  De fato esse número registra a incrível marca dos últimos 10 anos em que houve mais compras do que vendas.

Quem aproveitou pra comprar durante esse período, realmente ganhou muito dinheiro, pois o S&P 500 registra atualmente uma alta de 42% em relação ao dia 23 de março.

No início do mês, a taxa de venda / compras foi de 10,1. Em outras palavras, houve 10x mais vendas do que compras.

Apesar dessa relação desproporcional de venda / compra, há um setor do mercado que os investidores dos EUA estão bastante interessados. O setor de energia.

O início de julho foi marcado por forte interesse dos investidores em ações de duas empresas dos EUA do setor de energia. Vamos começar com a Continental Resources (CLR).

Continental Resources (CLR)

nyse clr continental resources inc

No início de julho, o fundador e presidente executivo da Continental Resources comprou 2.679.849 ações da Continental Resources (CLR). Ele pagou US $ 17,77 por ação, atingindo o valor total de compra de US$ 48 milhões.

De fato essa compra se deu logo após outra grande compra, cerca de US $ 73 milhões. Isso demonstra claramente que o CEO da empresa tem grandes expectativas quanto ao futuro da empresa e ao valor das ações dos EUA.

Somando as duas recentes compras de ações da empresa, o CEO da Continental Resources (CLR) atualmente possui mais de 80% das ações em circulação da empresa. 

Vamos analisar o que está acontecendo com a CLR e então tentar prever suas perspectivas.

A CLR é uma empresa independente de petróleo e gás natural, fundada em 1967.

A maioria da produção de petróleo e gás natural da CLR, bem como suas reservas comprovadas (53% do total), provêm do norte (o campo de Bakken de Dakota do Norte e Montana). O saldo da produção de petróleo e gás e reservas provadas (47% do total) vem do Sul (principalmente Oklahoma).

Risco de falência

Ao avaliar uma empresa de petróleo e gás no ambiente atual, a primeira e mais importante pergunta é: “Existe risco de falência?

De fato a CLR possui uma dívida líquida significativa (US $ 5,5 bilhões), especialmente no contexto de quanto fluxo de caixa a empresa gera. Nos últimos 12 meses, a empresa gerou mais de US$ 3,0 bilhões em fluxo de caixa das operações. 

Devido à queda nos preços do petróleo em março, a CLR reduziu seus planos de capex e agora planeja gastar US$ 1,2 bilhão (queda de 55% a / a) em 2020. Contudo se necessário, o capex poderá ser reduzido ainda mais.

Além disso, o CLR não tem vencimentos de dívida significativos até 2022. Sendo assim, o risco de falência é muito baixo.

Analisando o futuro da empresa analistas acreditam numa valorização de 15x e isso nem é um exagero, considerando o ambiente operacional fraco.

Olhando para o gráfico de longo prazo, é possível ver o CLR negociado acima dos US$ 70 por ação registrados em 2018.

W&T Offshore, Inc. (WTI)

wt offshore stock

A W&T Offshore, Inc. (WTI) é outra empresa que tem chamando a atenção dos investidores que querem gastar pouco hoje para lucrar muito amanhã.

No início de julho, o CEO e Presidente Tracy Krohn comprou 632.334 ações a um preço de 2,15 dólares por ação, um total de 1,4 milhão de dólares. No total, ele atualemtne possuem 47.391.459 ações, ou 33% das ações.

Semelhantemente, a diretora Virginia Boulet também comprou ações da empresa. Ela comprou 18.604 ações por US$ 2,20 por ação, um total de US $ 40.927. Ela agora possui 255.177 ações.

A W&T Offshore Inc é uma empresa de exploração e produção de petróleo e gás. As operações de exploração da empresa estão focadas no Golfo do México, onde perfura petróleo e gás. A empresa atua na perfuração em águas profundas e em plataformas de águas rasas. Enquanto o WTI perfura petróleo e gás natural, o petróleo é responsável pela maior parte da receita da empresa.

Situação um pouco mais complicada

De fato a empresa possui aproximadamente US$ 520 milhões em dívidas, mas não possui vencimentos significativos até 2022.

Além disso, a empresa possui US$ 48 milhões de caixa em seu balanço e uma linha de crédito rotativa de US$ 135 milhões.

Em 2016, última vez que o preço do petróleo teve forte desvalorização, a WTI gerou apenas US$ 14 milhões em fluxo de caixa operacional. Será que em 2020 vai acontecer o mesmo?

Como resultado, seria esperado que a perda de caixa da empresa em 2020 fosse gerenciável, considerando seu saldo de caixa.

Certamente se o mercados de energia se recuperarem nos próximos dois anos, a WTI vai alcançar uma forte valorização. 

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *