Avenue ou Passfolio: qual a melhor corretora internacional?

Investir Global

Avenue ou Passfolio? Descubra quais das duas corretoras é melhor para investimentos internacionais em 2022!

Investir no exterior tem atraído cada vez mais pessoas que desejam aumentar a rentabilidade da carteira. E a boa notícia é que existem diversas aplicações que são práticas de trabalhar e não exigem um alto investimento.

Além disso, fazer investimentos em ativos de fora do país pode ser uma ótima opção para diversificar uma carteira e para encontrar mais formas de lucro.

O desejo de aportar dinheiro la fora pode se basear nas vantagens entre o país do investidor e aquilo que ele não encontra em seu mercado de origem. Por isso, o interesse em investir em dólar costuma ser baseado nas vantagens que não são oferecidas pelo Real.

Felizmente, hoje em dia já é possível investir no exterior morando no Brasil. Assim, você pode ter seu patrimônio em Dólar, diminuindo a exposição há alguns riscos da economia brasileira.

A Avenue Securities é uma empresa fundada por brasileiros que nasceu com o objetivo de facilitar o acesso de investidores nacionais ao mercado acionário norte-americano. A plataforma, além de ser 100% em português, também disponibiliza suporte em português, inclusive para declaração de Imposto de Renda.

Por outro lado, a Passfolio começou a atuar no mercado nacional recentemente, buscando atingir o mesmo nicho da Avenue Securities. Contudo, a história por trás da plataforma ainda não é clara ao público brasileiro.

Hoje vamos entender um pouco sobre essas duas corretoras e descobrir entre Avenue ou Passfolio, qual seria a melhor opção.

Avenue ou Passfolio: qual a melhor corretora internacional?
Avenue ou Passfolio: qual a melhor corretora internacional?

Qual a melhor corretora internacional: Avenue ou Passfolio?

Antes de mais nada, é importante conhecer tudo o que essas corretoras tem a oferecer e assim deixar claro que é a melhor, Avenue ou Passfolio.

Iremos iniciar entendendo um pouco as ideias da corretora Avenue e o que ela tem a nos oferecer.

Como mencionando antes, a Avenue é uma corretora norte-americana, mas 100% focada em atender clientes que moram no Brasil, com um perfil de varejo de alta renda.

Nesse sentido, trata-se de pessoas que já investem e que desejam dar um passo fora do país, acessando uma maior lista de opções de ativos.

A Avenue foi fundada em 2018 e tem o objetivo principal de auxiliar brasileiros que pretendem investir no mercado financeiro americano.

Com sede em Miami e escritório em São Paulo, a empresa vem crescendo em um ritmo acelerado e já conta com uma cartela de clientes de mais de 600 mil investidores.

Embora um pouco nova, a plataforma foi pioneira ao investir em recursos que melhora o acesso do investidor comum à Bolsa de Valores norte americana.

Avenue ou Passfolio
Avenue ou Passfolio: qual a melhor corretora internacional?

Avenue ou Passfolio qual melhor? Um pouco mais sobre a Avenue

A sua principal vantagem é sua confiança, dado que se conhece quem são os donos da corretora. Ao mesmo tempo a Avenue lançou recentemente um novo plano de corretagem com taxa zero.

Sua plataforma é bem simples e fácil de se utilizar. No entanto, a Avenue não permite a compra de ações Micro Caps, com valor baixo de capitalização de mercado. Além, disso alguns ETF’s específicos não estão disponíveis na plataforma.

“Ajudamos os brasileiros a investirem nos EUA, a partir de uma experiência verdadeiramente voltada para o contexto do Brasil. A prestação de serviços é completa, o que inclui também a abertura de uma conta bancária internacional”

explica Roberto Lee, CEO e fundador da Avenue.

Antes, para investir no exterior, era necessário que o cliente possuísse cadastro em uma corretora brasileira que, por sua vez, entrava em contato com uma corretora nos EUA parceira para disponibilizar o ativo desejado.

No entanto, a proposta da corretora Avenue foi diminuir essa burocracia, oferecendo serviços que permitem que o cliente pudesse atuar no mercado de fora do país de maneira mais direta, autônoma e simples.

É fácil realizar câmbio entre o real e o dólar, depositando real diretamente na conta da empresa e convertendo em dólar. Mas cuidado: o spread é muito alto.

Por fim, a Avenue oferece a facilidade de transferir os recursos através do Brasil, com uma transferência TED. Vale ressaltar também que a Avenue é devidamente registrada e regulada pelos orgãos dos EUA: A SEC, a FINRA e SIPC.

Vantagens

  • Câmbio diretamente na plataforma, via TED
  • Permite depósitos via Transferwise e Remessa Online
  • Plano gratuito de corretagem (10 ordens por mês)
  • Suporte a imposto de renda (documentos) em português

Desvantagens

  • Alta taxa de spread
  • Indisponibilidade de alguns ativos
passfolio
Avenue ou Passfolio: qual a melhor corretora internacional?

Avenue ou Passfolio qual melhor? Conhecendo a Passfolio

A Passfolio é uma corretora de valores norte-americana disponível em mais de 170 países, incluindo o Brasil, onde a instituição opera para alcançar a parcela da população brasileira que deseja investir diretamente nas empresas dos Estados Unidos e outras companhias do exterior.

A corretora estrangeira não poderia operar em solo brasileiro a menos que estabelecesse alguma relação com outra corretora nacional. Devido a uma parceria com a RB Investimentos, a Passfolio ficou autorizada a operar aqui no Brasil.

Um poco negativo da plataforma, é que não se sabe quem é o criador ou que pessoas estão por trás dela, o que traz de certa forma uma insegurança na hora de investir.

No caso da Passfolio a negociação das ações dos EUA é feita tanto pelo seu aplicativo para smartphones quanto pelo seu recem lançado home bloker para computadores, facilitando assim o trabalho de quem deseja operar via computador.

Um ponto positivo, é que para abrir uma conta, basta preencher o formulário com os dados solicitados. O processo é rápido e leva apenas alguns minutos. Contudo, para a corretora aprovar o seu cadastro, é preciso esperar dois dias úteis no máximo, de acordo com a Passfolio.

Com um home broker em vários idiomas, entre os quais está o português, investir no exterior acontece de forma simples pela plataforma. Além disso, mais recentemente, a Passfolio lançou também sua versão desktop, onde os usuários podem operar diretamente de seus computadores, facilitando assim a vida deles.

Ainda, há dois planos para o investidor escolher, de acordo com o perfil de investidor, o Passfolio Plano Padrão (funcionalidades básicas gratuitas) e Passfolio PRO (oferece mais funcionalidades, como ordens avançadas e reinvestimento de dividendos automático, com o custo de US$ 50 ao ano ou US$ 5 mensais).

Vantagens

  • Abertura de conta simples
  • Plataforma em vários idiomas
  • Conversão cambial automática via TED
  • Enviar dinheiro com Transferências Wire, Remessa Online

Desvantagens

  • Falta de relatórios detalhados para declaração de imposto de renda
  • Envolvidos com a corretora são desconhecidos
image
Avenue ou Passfolio: qual a melhor corretora internacional?

Reclame Aqui das corretoras

Como todos sabem, o Reclame Aqui é um site de reclamações muito conhecido pelos brasileiros que vem ajudando milhares de pessoas a decidir se uma empresa é ou não confiável.

Isso porque, nele você consegue conferir as avaliações das empresas e as reclamações dos clientes, bem como saber se as empresas conseguiram solucionar os problemas expostos por seus clientes e muito mais.

A reputação da Passfolio no Reclame Aqui é "bom".

Até o momento da publicação desse artigo, das reclamações recebidas 100% foram respondidas por essa empresa, e desses clientes que reclamaram 68,1% deles relataram que voltariam a fazer negócio com a Passfolio.

Além disso, o índice de solução dessa empresa foi de 83% e a nota geral do consumidor foi 6,7.

A Avenue tem uma excelente reputação no site Reclame Aqui. 

Isso porque a corretora possui o selo RA1000, que foi criado com o intuito de destacar as empresas que tem ótimos índices de atendimento nesse site. Poucas empresas tem esse selo e as que tem demonstram que possuem compromisso com seus clientes.

Em outras palavras, ela está fora da curva das empresas, demostrando um ótimo serviço aos seus clientes.

Nesse sentido, entre as duas empresas, a Avenue sai na frente e se destaca em relação ao Reclame Aqui.

A Passfolio não tem uma avaliação tão boa nesse site se comparado com a Avenue, que atinge o nível máximo de satisfação dos consumidores.

image
Avenue ou Passfolio?

Conclusão

Tanto a Passfolio quanto a Avenue são corretoras legalizadas, também atual como conta-corrente, além disso, ambas contam com suporte em português para investidores brasileiros que não dominam o inglês.

Por fim, as duas tem as mesmas garantias de segurança através do SEC, SIPC e FINRA.

Contudo, podemos a pontar a principal diferença entre as duas corretoras sendo a taxa de spread cambial de depósito, ou seja, a diferença entre o dinheiro enviado em reais para a conversão em dólar.

Na Passfolio, por exemplo, essa taxa é de 1,2%, enquanto na Avenue a taxa gira em torno de 2%.

Por outro lado, a Avenue sai na frente disparado quando o quesito é transparecia por parte dos envolvidos e atendimento ao cliente, segundo o site Reclame aqui.

Vale a pena mencionar que a Avenue e a Passfolio oferecem soluções em investimento com taxa zero.

Ambas as corretoras oferecem corretagem zero, que é quando não cobram taxas sobre as operações. Nessas corretoras não é preciso aplicar um valor mínimo para começar a investir e não é necessário pagar taxas de custódia.

Assim, analisando detalhadamente, as duas corretoras são confiáveis e ambas são boas opções para investimentos no exterior. Contudo, a Passfolio ganha um ponto extra devido à taxa de spread cambial ser mais baixa, que significa que o investidor vai ter um custo menor.

Por outro lado, se você aceitar pagar um pouco mais, você pode escolher a Avenue, que possui melhor atendimento e um serviço mais optimizado.

image
Avenue ou Passfolio?

Em que investir?

Após escolher uma das corretoras apresentadas, você deverá saber escolher bem onde colocar o seu dinheiro. É importante frisar que comprar ações direto na bolsa dos EUA não é a única forma de se investir no exterior. Existem várias maneiras de se investir no exterior, como, por exemplo, os ETF’s.

Os Exchange Traded funds (ETFs) são como fundos de investimentos. Contudo, ao contrário de uma rodada de investimentos privada de uma corretora, um fundo ETF é negociado plenamente através da bolsa de valores.

Nesse sentido, estes fundos trabalham com as mesmas propriedades de um fundo mais comum, criando uma carteira de ativos pré-estabelecida por um gestor, seja ele um corretor profissional ou uma corretora. Assim, o processo de investimento do fundo é feito através de cotas, assim, exatamente estas cotas negociadas representam o fundo na bolsa de valores.

Os cotistas têm apenas a responsabilidade de gerir as próprias cotas. O desempenho da carteira do fundo é de responsabilidade da gestora.

Os rendimentos serão proporcionais as suas cotas, e existirão taxas de gerenciamento sobre os lucros aplicáveis do ETF.

Assim, os fundos ETF, tem como a sua característica principal “replicar índices”. Em outras palavras estes fundos podem copiar algum índice comparativo. Por exemplo, os principais índices do mercado financeiro americano: A Nasdaq, S&P 500 e o Dow Jones.

Por fim, estas são as opções hoje disponíveis de maneira acessível ao investidor brasileiro que procura investir no exterior.

Logo, o mais interessante escolher a corretora que se adéqua melhor a seu perfil. Com as opções acima é possível combinar economia com taxas, facilidade, solidez e acesso amplo a mercados globais.

image
Avenue ou Passfolio?

Bônus: É hora de investir no exterior?

Agora que você já entendeu quais as diferenças entre ambas corretoras, você deve saber também se é o momento certo de investir no exterior.

A inflação nos Estados Unidos tem agitado o bastante mercado, porque o fenômeno tem impacto sobre a economia global.

Os juros não param de subir para tentar conter a alta dos preços, mas isso agrava o risco de recessão econômica.

Em junho, a alta foi de 1,3%, só nos últimos 12 meses a inflação nos Estados Unidos chegou a 9,1%, a maior nos últimos 41 anos.

A maior inflação de décadas!

Tudo isso vem ocorrendo em um momento muito tenso para a economia global, no qual as cadeias produtivas ainda não se recuperaram completamente dos efeitos da pandemia.

Além disso, não podemos esquecer a guerra na Ucrânia que segue aumentando os preços das commodities energéticas, como petróleo.

Contudo, a recente disparada da inflação nos EUA não pode ser creditada exclusivamente à pandemia e ao cenário político internacional desfavorável.

Antes disso, a política monetária conduzida pelo banco central dos EUA, intensificada durante a crise da covid-19 também precisa entrar nos cálculos.

O banco central americano vinha aumentando sempre seu balanço via compra de títulos públicos e hipotecários, além de manter as taxas de juros em patamares mais baixos, contribuindo para um excesso de dinheiro nos mercados.

Somando a isso a crise provocada pela pandemia, os juros foram baixados ao patamar próximo de 0% ao ano, e diversos estímulos financeiros foram injetados na economia dos Estados Unidos para mitigar os efeitos do distanciamento social.

Assim, com liquidez excessiva, juro real negativo e uma injeção de trilhões de dólares na economia, criou-se o cenário ideal para a "tempestade perfeita" vivida pelos Estados Unidos atualmente: inflação em alta e risco de recessão.

Mas não se assuste, pois em março deste ano, o banco central deu início a um novo ciclo de alta dos juros nos Estados Unidos e de lá para cá a tendência foi só de alta.

Dessa maneira, é muito claro que o momento para investir em renda fixa dos EUA é excelente. Assim como aqui no Brasil, com os juros em alta, você pode ganhar uma boa rentabilidade com investimentos de baixíssimo riscos.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *