CFD Trader o que é? É uma opção segura de investimento?

CFD Trader

CFD Trader é mais uma das ferramentas que o mercado financeiro oferece para os investidores. Mas você conhece este tipo de operação? E este tipo de investimento é seguro? Confira agora tudo o que você precisa saber para operar os CFD trader.

Primeiramente, é importante destacar os conceitos básicos, então, começaremos com a seguinte pergunta: o que é um CFD Trader?

A sigla CFD em inglês significa: Contract For Difference, ou em uma tradução literal para o velho português, significaria algo como um contrato por diferença. Assim, este contrato, é um instrumento financeiro que te permite lucrar com as diferenças de preço de um ativo de referência, sem necessariamente ter de possuí-lo. Por isso, o termo “diferença” explicita bem a forma que a ferramenta trabalha.

Em outras palavras, em um contrato de diferença, é feito um acordo entre um investidor e uma empresa, por exemplo. Dessa forma, o investidor ganha a oportunidade de lucrar por meio das diferenças entre os preços de compra e venda, ou seja, de entrada e saída dos ativos. Assim, apenas a variação de valor desse ativo já é suficiente para um CFD representar algum lucro (ou prejuízo).

Já o conceito de trader deve ser familiar para você que tem alguma experiência no mercado de ações, e faz referência aos operadores de um contrato.

Estes contratos, apesar de ainda não estarem populares na bolsa brasileira, já estão bastante populares nas demais bolsas, principalmente na Wall Street, onde os maiores especuladores do mercado se encontram. E podem ser realmente um instrumento poderoso nas mãos de investidores experientes. Contudo, como realmente estes contratos se aplicam?

Como funciona um CFD?

Em suma, CFDs permitem que você faça operações em uma ampla série de ativos, tanto operando na alta, quanto na baixa. Caso você suponha que o ativo desvalorizará, você vende o CFD para comprá-lo mais barato depois. Caso julgue que haverá valorização, você faz a operação inversa. Dessa forma é um instrumento derivativo voltado para traders.

Como essas operações funcionam através de um contrato entre investidores ou entidades, a negociação não ocorrem em bolsa. Assim, os CFD Trader não possuem as taxas de corretagens aplicadas nas ações ordinariamente negociadas em bolsa. Esse mercado é chamado OTC (over-the-counter). Além disso, é operado com margem, ampliando a flexibilidade do investimento.

Pessoalmente, gosto de visualizar essas informações em números para entender melhor, então segue um exemplo:

Como não é necessário realmente possuir o ativo, um investidor “aluga” um ativo de 10 dólares e o vende por esse valor. Contudo, o pagamento desse “aluguel” é realizado posteriormente, quando o investidor é obrigado a comprar novamente a ação e devolvê-la ao credor original.

Neste momento, se o preço da ação for menor que os 10 dólares iniciais, digamos que 6 dólares, o investidor que vendeu em descoberto lucrou 4 dólares.

Afinal, como ele vende um ativo que não é dele, ou seja, onde ele não investiu, quando ele realmente cumpre com o pagamento, se for um valor abaixo do original ele estará lucrando. Este tipo de operação é muito comum na bolsa, e funciona como um investimento Hedge, ou seja, um tipo de investimento que protege sua carteira de eventuais desvalorizações.

Por isso, é possível aos investidores apostarem na desvalorização (ou na valorização) de determinados ativos, essa prática é bem comum na bolsa americana. No entanto, como se trata de uma situação extremamente especulativa e de alto risco, é recomendada apenas para investidores mais arrojados e experientes.

As diferenças desta operação

Os CDFs, estão extremamente presentes nas operações short selling, principalmente por essa característica que vai contra as movimentações normais do mercado.

Em outras palavras, enquanto a situação normal é apostar em empresas que podem ter um bom desempenho e assim aumentar o lucro de suas ações, a venda short trabalham exatamente com o oposto desse princípio.

Estes contratos se operam em diversas classes de ativos como:

  • Índices;
  • Setores;
  • Ações;
  • Metais preciosos;
  • Divisas;
  • Obrigações;
  • Commodities;
  • Opções.

Além disso, ainda existem alguns conceitos importantes sobre os CFDs:

Os conceitos do CFD Trader

Primeiramente, é importante destacar que estes CFDs podem ser divididos em duas categorias: os contratos contínuos e com tempo definido;

Contratos contínuos

Assim como o nome sugere, estes contratos não possuem uma data de vencimento definida, assim representam a classe mais popular deste tipo de contrato, incluindo as operações com apenas uma ação, algum ETF, e da maioria dos índices de ações.

Contratos definidos

Funcionam como uma contra-parte dos contratos contínuos. Por isso, possuem um termo de prazo definido, portanto, este tipo de contrato é extremamente útil para as negociações de  commoditiesforex e bonds. Contudo, caso o contrato vença e você queira manter a operação, é necessário rolar a operação para um vencimento posterior.

Margem

Este tipo de negociação, passa muito pelo conceito de alavancagem, onde você utiliza um capital que não te pertence para potencializar seus lucros. contudo, para fazer este “empréstimo” é necessário comprovar que você tem condições de cumprir com a sua divida. Assim entra fortemente o conceito de margem nestes contratos.

A margem é uma quantidade reservada de sua conta e usada para cobrir perdas potenciais de uma operação de CFD aberta. A quantidade necessária para permanecer na margem varia de ativo para ativo e de acordo com as condições de mercado no momento.

A liquidez e a volatilidade do ativo-alvo é que determinam o tamanho da margem necessária para o respectivo CFD. Por isso, quanto mais arriscado for a operação com um determinado ativo, maior será a garantia a ser depositada na conta margem.

Por fim, agora que a pergunta do que é um CDF foi respondida, resta ainda uma questão; Este método de investimento é seguro?

A resposta não é tão simples como parece, e dependerá dos termos do seu contrato. Contudo, mantenha em mente que este categoria de operação é puramente especulativa, e em alguns casos, se você não conhecer bem o mercado e onde está se metendo, pode ser tão arriscado quanto comprar raspadinhas premiadas.

Mas se você é mais experiente, esta ferramenta pode ser o diferencial que você precisa para levar seus investimentos a um novo patamar.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *