Economia americana está próxima de uma recuperação completa

pexels karolina grabowska

Presidente do Banco Central americano diz que a economia dos EUA está perto de uma recuperação.

A economia dos EUA está se recuperando da recessão da Covid-19, mas algumas “cicatrizes” econômicas podem levar muito tempo para cicatrizar, disse o presidente do Richmond Federal Reserve Bank, Thomas Barkin.

Cicatrizes econômicas referem-se aos danos deixados por crises que diminuirão as perspectivas de crescimento a médio ou longo prazo.

“Tenho esperança de que estejamos prestes a concluir essa recuperação”, disse Barkin na segunda-feira na Conferência de Investimento Asiático do Credit Suisse que está sendo realizada virtualmente este ano.

“As vacinas estão sendo distribuídas, as taxas de casos de contaminação e hospitalizações estão caindo, o excesso de economia e o estímulo fiscal devem ajudar a financiar a demanda reprimida de consumidores que estão exaustos pelo isolamento e enfim foram liberados pelas vacinas ”, acrescentou.

A economia dos EUA contraiu 3,5% em 2020 em comparação com um ano atrás, estimou o Bureau of Economic Analysis. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) disse no início deste mês que o PIB dos EUA deve crescer 6,5% neste ano e 4% no próximo.

A recuperação do mercado de trabalho

O mercado de trabalho dos EUA levou cerca de uma década para se recuperar da crise financeira global de 2008, mas provavelmente verá menos danos de longo prazo desta vez, disse Barkin.

Isso porque as perdas de empregos nos EUA no ano passado se concentraram em setores, como limpeza e alimentação, onde os trabalhadores mudam de emprego regularmente. Portanto, fazer a transição para funções semelhantes e outras indústrias é mais rápido, explicou ele.

Além disso, um aumento das vagas de trabalho virtual significa que os candidatos podem encontrar um novo emprego em casa, desde que tenham as habilidades certas e uma conexão de internet confiável, disse ele.

“Apesar desses aspectos positivos, ainda me preocupo se veremos cicatrizes”, acrescentou Barkin.

Muitos pais, especialmente mães, deixaram seus empregos para cuidar de seus filhos depois que escolas e creches fecharam para evitar a contaminação da pandemia. Disse Barkins.

Já ocorreu uma recuperação. Contudo a taxa de participação na força de trabalho dos pais permanece cerca de 6 pontos percentuais abaixo dos níveis pré-pandêmicos.

“Se os pais que deixaram a força de trabalho não retornarem, isso causará complicações para o potencial de crescimento dos EUA”, disse ele.

O fechamento de escolas e a mudança para o aprendizado remoto também afetarão os alunos sem acesso a computadores e conexão confiável à Internet. Potencialmente causando “enormes perdas” nos níveis de educação e qualificação no mercado de trabalho dos EUA a longo prazo, disse Barkin.

Outros “Possíveis problemas”

Outras possíveis “cicatrizes” observadas pelo presidente da reserva federal incluem:

  • As pequenas empresas foram duramente atingidas pela pandemia. A redução no número dessas empresas pode fazer com que a economia dos Estados Unidos perca “ganhos de produtividade” que muitas vezes essas empresas oferecem.
  • Por enquanto não existe crise de dívida imediata nos EUA. Contudo um “aumento” na dívida federal durante o ano passado poderia diminuir a capacidade dos formuladores de políticas de responder à próxima crise.
  • Para mitigar as “cicatrizes” econômicas, os formuladores de políticas devem “concluir o processo para manter o vírus sobre controle”, disse Barkin.

“Cicatrizes, seja nos trabalhadores, empresas ou comunidades, devem ser menores em um mundo que é capaz de voltar ao normal, contudo ainda vai existir o medo de entrar em um elevador”, disse ele.

“A prioridade agora é distribuir as vacinas e reabrir a economia com segurança. Estamos fazendo um bom progresso nisso ”, acrescentou o presidente.

Ou seja, a boa gestão da saúde é essencial para essa recuperação americana.

Por fim não deixe de conferir as projeções do PIB americano mais detalhadamente clicando aqui.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *