Fundo Trend E-sports FIM: aprenda a investir na indústria de games

Trend E-sports FIM

A indústria de games vai ganhando proporção e força ao longo dos dias. Assim, muitos investidores gostam de estar expostos a estes mercados crescentes. Por isso, aprenda agora uma maneira diferente de como investir nessa indústria que movimenta bilhões de dólares todos os anos.

O mercado global de jogos foi avaliado em US$ 162,32 bilhões em 2020 e deve atingir um valor de US$ 295,63 bilhões em 2026, registrando um CAGR de 10,5% no período de previsão (2021 – 2026). Os desenvolvedores de jogos estão continuamente se esforçando para aprimorar a experiência do jogador, lançando e reescrevendo códigos para diversos consoles / plataformas. Como o PlayStation, Xbox e Windows PC, que são incorporados em um produto fornecido aos jogadores por meio da plataforma em nuvem.

O crescimento do setor

O surgimento dos jogos em nuvem está impulsionando o mercado. Avanços recentes em tecnologia avançada de nuvem transformaram a ideia de jogos em nuvem em realidade. Em jogos reproduzidos em nuvem, o servidor, onde todos os jogos online estão alocados, faz todo o trabalho de computação. Assim, inclui renderização de cena de jogo, codificação de processamento de lógica de jogo e streaming de vídeo. Assim, não é exatamente necessário um hardware como um console para reproduzir o jogo, apenas uma boa conexão de internet. Por isso, várias empresas como Onlive, G-Cluster, StreamMyGame, Gaikai e T5-Labs já estão oferecendo serviços comerciais de jogos em nuvem. Este novo setor também é visto como um sério concorrente para o mercado de jogos tradicionais.

Além dos avanços tecnológicos da indústria, com o surto do COVID-19, os meios mais tradicionais de entretenimento, como cinemas e teatros, continuam fechados. Assim, o entretenimento doméstico parece ser a única opção para os jogadores confinados.

A pesquisa de março de 2020 mostra que os jogadores de videogame nos Estados Unidos relataram que passaram 45% mais tempo jogando videogame durante a quarentena, do que em comparação ao período da “vida normal”. E-sports é outra indústria emergente que consegue fazer mais de um bilhão de dólares por ano. Agora, depois da pandemia, ele ganhou ainda mais força. O aumento no download da Twitch (popular plataforma de streaming) pela primeira vez após a epidemia de março aumentou para 14% nos EUA e surpreendentes 41% na Itália.

Como investir na indústria dos games?

É claro que os investimentos nos games pode ser realizado de diversas maneiras, seja de forma direta ou indireta.

Assim, você pode investir diretamente em ações de desenvolvedoras de jogos como a Actvision Blizzard (ATVI34). Além disso, você pode captar este mercado através das empresas que produzem os consoles de games, como Microsoft (MSFT34) e Sony (SNEC34), responsáveis pelos dois maiores consoles da indústria no momento, o Xbox e o PlayStation, respectivamente. Ainda vale mencionar que o setor mobile de jogos movimenta cifras gigantescas, lembre-se disso!

Contudo, ainda é possível captar o crescimento deste setor com as empresas que produzem componentes necessários a construção dos hardwares dos jogos, como a Advanced Micro Devices (AMD).

É claro que existem inúmeras maneiras de investir neste setor, e assim pensando em simplificar ainda mais, o grupo XP, lançou um novo fundo de investimento neste mês de abril.

O fundo de games Trend eSports FIM

O fundo Trend E-sports FIM, é um fundo de índice. Ou seja, ele é montado focado em replicar algum índice específico. No caso do trend E-sports, o fundo replica o ETF HERO, proposto pela Mirae Asset Global Investments.

A Mirae Asset Global Investments é uma das maiores gestoras do mundo com mais de US$ 194 bilhões de ativos sob gestão e o 15º maior provedor de ETFs do mundo com US$ 60 bilhões de AUM em ETFs, criou em outubro de 2019 o Global X Video Games & Esports ETF. Negociado na bolsa de NASDAQ sob o ticker HERO, este ETF em tem US$ 650 milhões investidos, uma liquidez média diária (45d) de US$ 14 milhões e rendeu 95,9% nos últimos 12 meses, bem acima do que ações globais de tecnologia (66,9% iShares Global Tech, IXN) e 1,8x mais do que ações globais (51,7%, iShares MSCI AWCI). Durante a pandemia do COVID em mar/2020, o ETF caiu somente -20% enquanto ações globais caíram -33,5%.

Vale lembrar que o fundo replica os ativos do índice Solactive Video Games & Esports Index, composto por 40 ações globais de empresas cujos principais negócios têm exposição significativa às indústrias de videogames e E-sports. Um algoritmo busca por palavras-chave relacionados ao tema do índice nos documentos e publicações das empresas listadas para identificar e classificar as ações neste setor.

Assim, o novo fundo da XP busca replicar o sucesso do ETF da Mirae Asset, enquanto surfa na onda dos jogos digitais. Por isso, se torna uma opção interessante para expor sua carteira a maior parte da indústria dos games, de forma prática e acessível!

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *