USEND: Clientes do Inter já podem abrir conta internacional pelo Super App

Banco Inter

Ao acessar o aplicativo do Inter (BIDI11), os clientes encontram um novo botão onde podem iniciar a abertura da conta internacional em dólar. A novidade promete facilitar bastante a vida dos brasileiros que viajam ou realizam transações financeiras nos Estados Unidos.

Este é o primeiro passo da integração com a USEND, fintech norte-americana de serviços financeiros e não financeiros que oferece a global account, adquirida pelo Inter no ano passado.

Nesta primeira etapa, o processo de abertura da conta em dólar começa pelo Super App do Inter, mas o app da USEND deve ser usado para movimentação da conta.

Nas próximas atualizações do aplicativo, os clientes do Inter terão 100% da experiência integrada ao Super App, assim como toda a movimentação da conta oferecida pela USEND.

Outra entrega prevista para o primeiro semestre deste ano é o lançamento do cartão de débito da conta internacional, que será provido pelo Evolve Bank e vai permitir aos brasileiros usar o saldo da conta em dólar para fazer compras nos Estados Unidos e em outros países.

A conta ainda permite aos clientes do Inter receber depósitos ou transferências de contas bancárias dos Estados Unidos, o que é um diferencial em relação à concorrência.

A conta internacional é a nossa jogada mais ousada dos últimos tempos, estamos revolucionando a forma como as pessoas se relacionam com as finanças também no exterior. Os clientes brasileiros poderão ter uma conta em moeda estrangeira e maior liberdade financeira para viajar, fazer compras e muito mais. Em breve, residentes nos Estados Unidos terão os mesmos benefícios”, afirma o CEO do Inter, João Vitor Menin.

Como funciona a global account?

A global account não possui taxa de adesão e nem taxa de manutenção. O envio de recursos para carregar o saldo pode ser feito a partir de US$ 1.

O cliente pode fazer saques em dólar nos Estados Unidos em qualquer ATM (caixa eletrônico) que aceite a bandeira Mastercard, sendo que na rede Allpoint não haverá cobrança de taxas.

Para saques em outras redes nos Estados Unidos, o proprietário ou operador das ATMs pode cobrar uma taxa adicional pelo serviço. Em outros países, poderá haver cobrança de taxa dependendo da legislação local e da rede de ATM. Nesse caso, a conversão será feita de dólar para a moeda local.

Clientes do Inter terão o benefício de não pagar taxa transacional para a remessa ou depósito na conta global a partir da conta digital brasileira. Já a taxa de câmbio utilizada será a comercial, e o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), cobrado para transferir o dinheiro da conta nacional para a global account, será o menor praticado nesse tipo de transação (1,1% no depósito e 0,38% no resgate na conta).

Esse é um dos principais benefícios do produto, já que atualmente as compras feitas com cartões de crédito internacionais emitidos no Brasil incluem IOF de 6,38%.

A aquisição da USEND, que é a responsável por oferecer a global account, vai acelerar a penetração do Inter no mercado norte-americano, já que a empresa possui as licenças necessárias para atuar como instituição financeira em 41 estados nos EUA.

Além disso, tem seu foco principal em remessas internacionais e trabalha com envio de recursos para mais de 60 países, com origem no Brasil, Estados Unidos e Canadá.

A global account é um serviço financeiro provido e de responsabilidade da PRONTO MONEY TRANSFER, INC. (USEND), empresa do Grupo Inter, constituída, autorizada e detentora das licenças necessárias para exercer suas atividades nos Estados Unidos.

O BANCO INTER S.A., entidade brasileira devidamente autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil, figura como intermediário entre o consumidor brasileiro e a USEND no oferecimento da global account.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *