Como Comprar Ações Netflix | Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre

Investir Global

Como Comprar Ações Netflix | Ações Netflix Nasdaq: entenda se vale a pena e como você pode investir na Netflix do Brasil em 2022.

Não tem como ignorar o nome Netflix ao falar do mundo da tecnologia e do entretenimento, ela é sem dúvida uma empresa que fez bom uso do boom da Internet para alcançar uma excelente posição entre os usuários. Isso, obviamente se traduz diretamente em renda e, é claro, uma opção de investimento interessante para quem trabalha com ações.

Se você está interessado em investir em uma das maiores empresas de streaming de filmes e séries do mundo, você vai ficar feliz em saber que isso é muito mais fácil do que você imagina.

Mas quando comprar as ações? É um bom momento? Para responder a essa pergunta, há vários fatores que ajudam os investidores a acertar suas cotações de ações.

A situação financeira da empresa é, por exemplo, um desses fatores. De fato, em meio a uma pandemia, as ações da Netflix atingiram sua maior valorização no mercado, o que, sem dúvida, representou um grande momento para os investidores que confiaram na empresa durante anos.

No entanto, 2022 não tem sido um bom ano para a empresa que vive uma crise de audiência, sem conseguir emplacar grandes sucessos e vendo seus usuários migrarem para outras plataformas.

Neste artigo apresentaremos uma análise fundamental que lhe dirá como comprar ações da Netflix, e todos aqueles índices e aspectos que você deve considerar antes de tomar uma das decisões mais importantes de sua vida.

netflix scaled e
Como Comprar Ações Netflix | Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre

Como Comprar Ações Netflix | Ações Netflix Nasdaq: vale a pena?

Para os investidores brasileiros existem duas formas de comprar as ações da Netflix. A primeira opção é investir diretamente nas ações da empresa listadas na Nasdaq, uma das Bolsas de Valores dos Estados Unidos.

Já a segunda opção é comprar os BDRs da Netflix que são negociados na Bolsa de Valores brasileira, a B3. Existem diferenças significativas entre investir por meio da Nasdaq ou por meio da B3. Confira.

NASDAQ
Para investir diretamente pela Nasdaq é necessário ter uma conta em uma instituição financeira internacional e para realizar a operação é preciso fazer uma transferência internacional, por meio de uma remessa de câmbio. Esse serviço pode ser executado por meio de um banco ou de uma corretora de câmbio autorizada pelo Banco Central.

No entanto, é importante ressaltar que, ambos os processos, tanto de abertura de conta no exterior, quanto o envio de recursos para outro país, podem ser burocráticos e ter um alto custo.

Uma outra opção muito mais prática e fácil é usar um banco ou plataforma digital que já possua a possibilidade de investimentos internacionais, como é o caso do Banco Inter.

Mais adiante iremos explicar melhor como fazer isso.

B3
Para a segunda opção, que compreende o investimento em Netflix por meio de BDRs negociados na Bolsa de Valores brasileira, é necessário apenas abrir uma conta em uma instituição de investimentos no Brasil e realizar a negociação da mesma forma como ocorre com as ações. O código dos papéis na BR é “NFLX34“.

Mas antes de sair comprando as ações da empresa, entenda um pouco mais a história da plataforma e se vale a pena investir na Netflix hoje.

Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix
Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix

Como Comprar Ações Netflix: a história

Vamos começar contando um pouco sobre a história da Netflix, considerada uma história de adaptação, inovação e sobretudo de sucesso, em que se enaltece a visão de futuro dos seus fundadores.

A empresa foi fundada por Marc Randolph e Reed Hastings, a 29 de Agosto de 1997 em Scotts Valley, na Califórnia.

Os fundadores já trabalhavam juntos, na Pure Atria, que Reed Hastings vendeu em 1997 por 700 milhões de dólares.

A fascinação de Marc Randolph pela Amazon marcou os primeiros anos de vida da Netflix, assim como do seu produto original.

Ambos empreendedores desejavam comercializar uma categoria de produtos portáteis pela Internet, com uma ideia parecida ao modelo empregado pela Amazon.

Mesmo nos seus primórdios, a compreensão por parte de ambos que a natureza do setor de entretenimento audiovisual estava evoluindo foi um ponto-chave no estabelecimento do modelo de negócio da Netflix.

Hastings então resolveu investir 2,5 milhões de dólares na edificação da Netflix. Tornando-a a primeira loja virtual de aluguer de DVD’s do mundo.

Oferecendo um catálogo de DVD’s completo – cerca de 925 títulos – e com uma reduzida equipa de 30 funcionários, o empreendimento rapidamente ganhou tração nos EUA e acabaria mesmo por competir, e posteriormente destronar o seu principal concorrente no setor, a Blockbuster.

Aproximadamente 5 anos depois, a empresa já distribuía cerca de 190 mil DVD’s pelos seus 670 mil assinantes mensais.

Prova de que a Netflix tinha já conquistado a sua fatia de mercado, mas este seria apenas o começo; no fechar da década, em 2010, a empresa contava com mais de 14 milhões de assinantes.

netflix
Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix

Como Comprar Ações Netflix: ainda vale a pena?

Agora que você já conhece um pouco mais da empresa, vamos entender como investir e negociar as ações da Netflix no Brasil e nos Estados Unidos.

Com um valor de mercado de aproximadamente US$ 100 bilhões, a Netflix estreou na Nasdaq em 2002. As ações eram negociadas a US$ 15 e a empresa valia cerca de US$ 310 milhões na época. Atualmente, os papéis custam em torno de US$ 235 na bolsa de valores.

Por conta das particularidades do seu mercado de atuação e das características próprias do setor de tecnologia, o valor de mercado da Netflix teve variações importantes nos últimos anos.

A empresa literalmente, inventou o segmento de streaming de vídeos por assinatura. A concorrência, porém, se acerca. Empresas de mídia tradicionais e também de tecnologia já fazem parte do segmento.

WarnerMedia, Walt Disney, BCS, NBC Universal, Amazon e Apple têm ou estão desenvolvendo serviços de streaming direto ao consumidor.

Em alguns destes casos, há impactos diretos na programação da Netflix. O serviço da HBO, da Warner Media, por exemplo, tomou da Netflix uma das suas atrações mais populares: “Friends”, uma série dos anos 1990.

O investimento na produção de conteúdo original, portanto, é visto como uma prioridade para a Netflix.

Ao mesmo tempo em que isso é um diferencial, é também uma atividade custosa, que consome muito da geração de caixa.

giphy

A Netfix corre risco de sumir?

A Netflix, tal como a conhecemos, deve praticamente o seu sucesso e renome à sua plataforma de streaming.

A compreensão de que o setor de entretenimento e media atravessava uma transformação fundamental foi o pilar para o sucesso da Netflix que, em 2010, criou o seu serviço de assinatura online de media e entretenimento mais popular do mundo.

O crescimento do valor das ações Netflix, do número de assinantes da empresa e do seu enorme e crescente popularidade acarretam consequentes lucros, tanto para a empresa como para os seus acionistas.

O valor das ações Netflix, assim como da sua receita, estão intimamente ligados à aquisição e crescimento da sua base de usuários.

Ao longo dos últimos anos, a empresa se focou, quase exclusivamente, na aquisição de uma carteira de clientes à escala global, apostando fortemente nas produções originais com base no país dos seus usuários e num forte departamento de relações-públicas local.

Os seus números são impressionantes para a última década; em 2011 a Netflix contava com uns “modestos” 23 milhões de assinantes e encaixou uma receita para o ano fiscal de 1,5 biliões de dólares, mas hoje, 11 anos depois, é difícil encontrar um mercado em que a Netflix não seja um “player” de peso.

Mas como dito antes, 2022 não tem sido um ano muito bom para a plataforma e esses números impressionantes começam a assustar os investidores.

Como Comprar Ações Netflix: queda de 40%

Apesar da fama da plataforma, a Netflix encerrou o primeiro trimestre do ano com 200.000 assinantes a menos do que tinha no final de 2021.

Contudo, a empresa crescer mais 2,5 milhões de clientes no período, preocupante?

As ações da empresa caíram mais de 25% no final do mês de abril na Nasdaq. No acumulado do ano, as ações caíram mais de 60%.

Quem é o culpado de tudo isso? Bom, a Netflix culpou o compartilhamento de senhas entre seus usuários e o aumento da concorrência no espaço de streaming por criar o que chamou de “ventos contrários no crescimento da receita”.

A plataforma estimou que, além de seus quase 222 milhões de lares pagantes, o serviço está sendo compartilhado com mais 100 milhões de lares, incluindo 30 milhões nos EUA e Canadá.

Nesse sentido, o mercado estava na expectativa que a empresa acrescentasse novos usuários no primeiro trimestre de 2022. Contudo, a Netflix disse que encerrou os três primeiros meses do ano com 200 mil assinantes a menos do que tinha no quarto trimestre e disse que espera perder 2 milhões de assinantes globais no trimestre atual.

Downfall Boeing netflix x
Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix

Queda nas ações da Netflix

Para se ter uma ideia, em janeiro, os papéis caíram mais de 20% quando a empresa de streaming disse que esperava adicionar um número muito menor de assinantes do que no ano anterior.

A última vez que as ações da Netflix caíram 25% em um único dia foi em 25 de julho de 2012, de acordo com a FactSet, um dia depois que a empresa alertou sobre a desaceleração do crescimento de seu serviço de assinatura.

Outro problema para a empresa é que os bancos deixaram de recomendar os papéis da empresa, como é o caso do banco Stifel que cortou a recomendação das ações de compra para neutro, assim como J.P.Morgan, Bank of America (BofA), Wedbush Securities, Citi, Goldman Sachs, UBS, Berenberg, entre outras casas.

Além do corte de recomendação, o ajuste também acontece nos preços-alvos, com muitos dos analistas cortando pela metade a projeção dos papéis, em decorrência da perspectiva ruim para a empresa nos próximos períodos.

Um dia após anunciar a perda de 200 mil assinantes no primeiro trimestre deste ano, acionistas começam a deixar a empresa.

O bilionário Bill Ackman, por exemplo, se desfez de sua participação na Netflix, amargando um prejuízo de mais de US$ 430 milhões.

O fundo Pershing Square Capital Management, de Ackman, havia comprado US$ 1 billhão em ações da gigante de streaming em janeiro, mas vendeu sua fatia na Netflix após a companhia relatar a queda inesperada no número de assinantes e projetar um declínio ainda mais acentuado que o atual.

Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix
Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix

Investir no Exterior em 2022

Como vimos, investir no exterior nada mais é do que aplicar o seu dinheiro em ativos financeiros fora do Brasil.

Uma pessoa no Brasil, por exemplo, que compra ações de empresas nos EUA e listadas em uma Bolsa de Valores do país está investindo fora do país.

Hoje em dia, ela nem precisa se mudar para fazer isso, já que é possível realizar esses investimentos aqui do Brasil mesmo.

Investir no exterior é uma forma de escapar um pouco das crises do país.

A primeira vantagem de investir no exterior é o número de opções de ativos que você encontra para investir.

Assim, você pode diversificar a carteira que é uma das formas mais inteligentes de mitigar riscos. Além disso, a valorização de outras moedas, frente ao nosso real, pode trazer proteção e maiores lucros para o dinheiro usado para investir.

Sem dúvida, realizar investimentos no exterior é uma excelente oportunidade para quem busca rentabilidade e segurança.

Veja aqui uma pequena lista das principais plataformas de investimento internacional. Você pode ver a lista completa com mais detalhes no artigo “As melhores corretoras para investir no exterior em 2022” do porta Guia do Investidor.

Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix
Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix

Avenue: uma das melhores plataformas

A Avenue é uma corretora americana, 100% focada em atender clientes que moram no Brasil, com um perfil de varejo de alta renda.

Tratam-se de pessoas que já investem e que desejam dar um passo fora do país, acessando uma maior lista de opções de ativos.

Com sede em Miami e escritório em São Paulo, a empresa vem crescendo em um ritmo acelerado e já conta com uma cartela de clientes de mais de 600 mil investidores.

Embora um pouco nova, a plataforma foi pioneira ao investir em recursos que melhora o acesso do investidor comum à Bolsa de Valores norte americana.

A sua principal vantagem é sua confiança, dado que se conhece quem são os donos da corretora. Ao mesmo tempo a Avenue lançou recentemente um novo plano de corretagem com taxa zero.

Sua plataforma é bem simples e fácil de se utilizar. No entanto, a Avenue não permite a compra de ações Micro Caps, com valor baixo de capitalização de mercado. Além, disso alguns ETF’s específicos não estão disponíveis na plataforma.

Passfolio: outra boa opção

Fundada em 2018 na cidade de São Francisco, nos EUA, a corretora é uma startup que dá acesso global ao mercado acionário americano. Assim, a lista da corretora inclui 170 países atualmente. No entanto, não se sabe quem é o criador ou que pessoas estão por trás dela, o que traz de certa forma uma insegurança na hora de investir.

Para investir no exterior através da Passfolio, é necessário um cadastro bem simples. Desta forma, não sendo necessário inicialmente enviar documentações para a corretora, tais como endereço ou passaporte/CNH.

Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix
Como Comprar Ações Netflix Nasdaq

Da mesma forma, uma das grandes vantagens também da corretora é que ela não tem taxa. Além disso, com apenas US$ 1 é possível comprar ações dos EUA no mercado fracionário.

O investidor iniciante também tem um incentivo para se cadastrar na corretora. Pois ele pode ganhar até US$ 100 na corretora, utilize este link especial para cadastro.

Vale também frisar que a Passfolio está registrada na FINRA e SIPC e é regulada pela SEC.

Banco Inter: uma das formas mais simples

Temos aqui no Investir Global um artigo só explicando como você pode fazer investimentos internacionais com o banco Inter.

Aqui está um breve resumo de tudo o que você irá encontrar lá.

Para iniciar seus investimentos, é importante você ter sua conta ativa no banco.

Uma vez com a conta ativa, vá até a aba que se dedica a investimentos no aplicativo do Inter. Se o ícone INVESTIR não estiver na tela principal do aplicativo, toque na seta para abrir mais opções.

Além disso, se essa for a primeira vez que você está acessar a área de investimentos, vai ser necessário atualizar o seu perfil de investidor. Isso é importante para que o Inter saiba quais os investimentos que se encaixam mais ao seu perfil.

Após saber qual é o seu perfil, você pode conferir várias categorias de investimentos, desde os mais básicos e seguros, até os mais arriscados. Escolha uma categoria para investir.

De acordo com o Banco Inter, é possível investir no exterior aplicando seu dinheiro em ativos, como ações, ETFs, REITs e ADRs norte-americanos listados na Nasdaq ou na NYSE (New York Stock Exchange). A empresa conta com uma plataforma voltada para isso chamada Apex.

Ao acessar o menu de investimentos no aplicativo, toque em “Plataforma Apex Internacional” e crie sua conta dedicada a esse tipo de contratação.

Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix
Como Comprar Ações Netflix Nasdaq

Assim que estiver tudo pronto, você já pode fazer depósitos em dólar na plataforma. Segundo a empresa, o câmbio e feito automaticamente de sua conta (em reais) para a Apex (em dólar).

O Banco também informa que esse tipo de investimento não está disponível para o perfil de investimento Conservador, e sim, para o Arrojado.

Inter corretora é boa opção?

Considerando as informações coletadas, o Inter tem uma boa variedade de recursos para a área de investimentos dentro da sua “super plataforma”. Assim, possível ter o acesso a uma grande quantidade de investimentos pelos mais variados perfis de investidor.

A princípio, as ferramentas disponíveis oferecem alternativas na forma de fazer o acompanhamento do mercado de maneira personalizada. Ao mesmo tempo, a taxa zero para algumas categorias de investimento é um ponto a favor, visto que torna o custo para investir mais acessível. Além disso, as plataformas básicas e gratuitas conseguem se encaixar para os iniciantes, que ainda podem contar com acesso a cursos, análises, notícias, além de serviços de assessoria. Também vale mencionar o Reclame Aqui e as avaliações do app da corretora, cuja nota geral é muito boa para ambos os casos.

Por outro lado, apesar das boas avaliações, a corretora Inter não está livre de falhas. Por isso, é possível que suas ferramentas possam ter uma eventual falha de funcionamento durante o login ou em alguma operação no home broker. Da mesma forma, o aplicativo também está sujeito a esses problemas, além de parte dos usuários relatarem eventuais “bugs” ao visualizar os dados.

Sendo assim, o saldo final da Inter Corretora é positivo e a sua estrutura se mostra boa e bastante confiável. Por isso, vale a pena considerar a plataforma caso ela se encaixe com o seu orçamento e estratégia de investimento.

Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix
Ações Netflix Nasdaq: vale a pena? Tudo sobre | Como Comprar Ações Netflix

Investir em cripto moedas

Uma opção para quem deseja aumentar os ativos na carteira são as moedas digitais que podem entrar no portfólio de qualquer um e gerar bons lucros.

Em 2021, elas chamaram atenção do mundo por conta de suas fortes altas de preço. A mais famosa delas, o bitcoin, foi de R$ 138 mil para R$ 266 mil em doze meses, tendo atingido o pico de R$ 369 mil em um dado momento do ano. Além do BTC, outras criptos também entregaram resultados positivos, como Ether e Litecoin, além da novata Solana.

Essa alta acabou chamando atenção de muitas empresas, que compram bitcoin e outras cripto, além disso, focaram parte de seu caixa para compra desses ativos.

Se grandes players já acreditam no potencial das moedas virtuais para investir, é porque sabem que a tendência desses ativos digitais é crescer muito.

Desde que surgiu o aumento da fama, a criação de novas moedas virtuais e formas de sua aplicação seguem em uma crescente, aumentando a cada ano a fama e as adesões.

Por isso, a razão para investir, sabendo das cripto moedas, essa tendência e potencial que elas têm demonstrado ano a ano.

É fato que as cripto moedas estão cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas no mundo todo.

Cripto moedas são ativos recentes e com uma lógica bastante sofisticada de funcionamento. Por isso, ainda há muita gente procurando entender melhor como operar com elas.

As criptos têm algumas vantagens sobre moedas físicas e outros meios de pagamentos.

Faça parte do melhor grupo de Investidores Globais: clique aqui Para receber as melhores recomendações diárias, siga nossas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *